O projeto

O projeto Um lago, um menino e a lua é composto por duas ações:

  • produção e o lançamento do livro Um lago, um menino e a lua
  • realização da palestra “Leitura literária e a formação do mediador.

O projeto foi realizado com recursos da Lei de Incentivo à Cultura, Ministério do Turismo, Secretaria Especial da Cultura. Incentivo da Secretaria da Comunicação e Cultura do Estado do Paraná e patrocínio da Copel e do Grupo Potencial. Apoio da Biblioteca Pública de Santa Catarina, Livraria NoveSete e Livraria da Vila – Pátio Batel. Uma produção da CLB Produções

A obra

“Quer saber?  É preciso ler com olhos livres para que o livro Um lago, um menino e a lua possa trazer para você clarões da fantasia infantil e raios adultos de preocupação e trabalho.”

Marta Morais da Costa

O conto apresenta três personagens importantes: um menino, um lago e a lua. O menino deseja dar a volta no lago que se estende à frente da sua casa. Contrariando as recomendações do pai, inicia uma viagem (de descobertas?!) carregando o essencial, como coragem e… balas de banana! Durante a caminhada encontra a lua, que tinha caído do céu, presa entre as rochas na beira do lago. O que pode fazer um menino numa situação como esta?

O tom coloquial da narrativa transforma o menino num contador de histórias. Enquanto ela vai se tecendo, revela-se para o leitor a intimidade do garoto, construída por memórias que indicam uma existência imaginativa. Ele conta histórias para a lua e se propõe a ajudá-la a voltar para casa.

A palestra

Leitura literária e a formação do mediador

Na palestra apresentamos o livro literário através de intervenções poéticas e sugerimos a participação do ouvinte, que se torna protagonista da ação ao interagir com o mediador.

Seu propósito é lançar um olhar para a leitura literária, sob o ponto de vista do seu valor simbólico, considerando que a literatura ajuda na compreensão do mundo interno e instrumentaliza o desenvolvimento do potencial humano, ao ampliar a consciência ética e estética do sujeito.

Estes são alguns efeitos que os afetos da literatura provocam em nós. Talvez o mais significativo seja o de nos ensinar a arte de habitar poeticamente o mundo, o que significa, atuar sob a lógica da troca nas relações simbólicas que estabelecemos na vida.

A palestra foi realizada na Biblioteca Pública de Santa Catarina, no dia 24 de junho de 2022.

Literatura, a língua que nos une 

Dando continuidade ao seu trabalho de divulgar a literatura e cultura do Brasil junto a filhos de brasileiros que moram no exterior, Cléo Busatto fez o lançamento do livro na Itália, em outubro de 2022.

As cidades que receberam a ação foram Verona, Valdobbiadene, Reggio Emilia e Florença. Os lançamentos foram realizadas junto às  iniciativas que atuam com o Português como Língua de Herança – POLH.

Peças para divulgação

     

imprensa